Articulações Sinoviais

Articulações Sinoviais
FISIOTERAPIA

As articulações sinoviais realizam a comunicação entre uma extremidade óssea e outra, garantindo-lhe movimento, e são compostas de cartilagem que revestem as extremidades ósseas, ligamentos, líquido sinovial, cápsula articular (DANGELO, FATTINI, 2011).

O tecido cartilaginoso é constituído por um material intercelular rico em fibras colágenas e condrina, uma substância mucopolissacarídica. Esses componentes são produzidos por células chamadas condroblastos (condro: cartilagem; blastos: células jovens) (JUNQUEIRA, CARNEIRO, 1999).

A cartilagem é desprovida de vasos sanguíneos. Os nutrientes difundem-se pela substância intercelular a partir de vasos sanguíneos localizados no tecido conjuntivo que envolve a cartilagem, chamado pericôndrio (peri: ao redor; condro: cartilagem). No pericôndrio também existem fibroblastos que podem dar origem em condroblastos, permitindo assim o crescimento e, eventualmente, a regeneração do tecido cartilaginoso (JUNQUEIRA, CARNEIRO, 1999).

Segundo Knoplich (2003) e Dangelo e Fattini (2011), na coluna vertebral, existem dois tipos de articulações: as diartroses e as anfiartroses, que são brevemente descritas abaixo:

Diartroses: são as articulações verdadeiras; apresentam superfície revestida de cartilagem, com líquido sinovial e cápsula articular.

Anfiartroses: são as articulações “falsas”; recebem essa denominação pelo fato de não apresentarem as características essenciais de uma articulação sinovial. No entanto, permitem a produção de movimento. São responsáveis pelos movimentos da coluna. Apresentam pequenos movimentos.

Knoplich (2002) ressalva que algumas articulações da coluna apresentam características especiais. São estas:

Articulação occipitoatlóidea – apresenta grande quantidade de ligamentos, que realizam a manutenção e a proteção dessa articulação.

Articulação atlantoaxoidea – tem a estabilidade garantida, graças à presença dos ligamentos transverso e cruciforme, além do ligamento nucal, que protege contra uma excesiva flexão da cabeça.

Articulação sacroilíaca- apresenta pouquíssima mobilidade; suas superfícies articulares são revestidas por cartilagens. Os ligamentos sacroilíacos aumentam a sua estabilidade.

Articulações sacrococcígeas- apresenta diversos ligamentos, o que garante bastante estabilidade a essa região.

Sínfise púbica- também conta com muitos ligamentos, é uma articulação do tipo anfiartrose.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o curso de Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER