O brincar em Winnicott

O brincar em Winnicott
PSICOLOGIA
Franco (2003) diz que Winnicott vê o brincar em si como um objeto de estudo. Ele se volta para o brincar, o verbo, e diz que tal ato não se limita apenas ás crianças, mas que se estende também aos adultos.

A transicionalidade, campo que está no encontro entre o mundo psíquico e o mundo socialmente construído, é fundamental para se entender o brincar de Winnicott. O espaço que o brincar winnicottiano ocupa fica na fronteira da subjetividade, e é chamado de espaço potencial.

O brincar facilita a comunicação, tanto consigo como com os outros. Na sessão analítica, é fundado um espaço e temporalidade próprios que têm semelhanças com o espaço e a temporalidade das relações mãe-bebê, sendo que estas devem ser consideradas como referência para a sessão analítica. O trabalho do analista tem a ver com a sustentação do brincar do paciente, que se dá em um espaço e tempo construído transferencialmente.

A adesão ao espaço e tempo próprios da analise e ao ato de brincar, diz franco (2003), tem que vir de ambos, paciente e analista, senão a brincadeira não é possível.

“Neste espaço potencial, o interno se torna externo e o tempo antigo e a expectativa do futuro se tornam presentes. Não há mais distinção clara entre o que está fora e o que está dentro. Trata-se de um espaço-tempo teatral, onde se vive, sofre-se e alegra-se a dupla paciente-analista, numa dramatização que só tem valor se for investida de afeto e sustentada como se esta brincadeira fosse tão real quanto á realidade socialmente construída”.

A sessão então é um espaço de passagem entre o mundo interno e externo, sendo capaz de recriar a trancisionalidade infantil, e assim, nesse ponto, operarem-se os efeitos analíticos.

Colunista Portal - Educação
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER