Fui Demitido e Agora???

Fui Demitido e Agora???
RECURSOS-HUMANOS

Artigo: Fui Demitido e Agora?

Como regressar ao mercado de Trabalho usando seu Marketing Pessoal

 

Trabalhar durante muitos anos em uma mesma organização e depois estar novamente disponível ao mercado de trabalho, não é uma tarefa fácil.

A primeira pergunta que fazemos é...  Por onde começar?

Com o tempo dentro das organizações perdemos o time do mercado competitivo, esquecemos como a competição profissional nos torna vulneráveis e ate mesmo desleais.

Mas um dia a realidade bate a nossa porta e temos que encarar os fatos, como voltar ao mercado corporativo de forma triunfal?

O primeiro passo é o planejamento, sendo ele da criação de metas, objetivos e necessidades. Nos atentarmos aos detalhes nesta época faz toda diferença, sendo assim vamos reorganizar nossa vida para esta nova fase.

O replanejamento dos custos familiar é ponto de partida, pois neste momento qualquer excesso poderá desestabilizar o equilíbrio emocional do profissional e causar um certo pânico imediatista, no qual irá acarretar a aceitação de qualquer oportunidade que lhe aparecer, porem distante do objetivo real, tornando assim um profissional frustrado e consequentemente oferecendo a organização um trabalho mediano.

Após este processo, o profissional deverá rever a sua rede de network, atualizar contatos, identificar futuras oportunidades, reavaliar sua auto imagem, questionar suas prioridades momentâneas.

A imagem do profissional tem um peso muito grande no processo seletivo, tanto visual, como verbal e até mesmo social, sendo assim todo cuidado é pouco quando se trata de redes sociais. Explorar sua auto imagem de forma inadequada poderá acarretar em uma deterioração profissional.

O currículo também é uma ferramenta que transmite a imagem do profissional em 30s para o selecionador, por este motivo deve ser elaborado de forma clara, objetiva, organizada e estratégica. Não é apenas disparar o currículo para todos os lados, tem que ter foco, planejar qual segmento, empresas e área que pretende atuar, enfatizando o mesmo de forma atrativa para tal meta.

Nesta importantíssima ferramenta devemos informar dados relevantes ao selecionador e que seja um destaque profissional, sendo ele um diferencial dos demais participantes. Identificando nossos pontos fortes e vulneráveis facilita este processo, pois realizar uma varredura de nossas qualificações de forma critica e realista, podemos identificar quais competências temos de atrativo e quais deveremos desenvolver.

Durante o processo seletivo o profissional deve estar preparado para todo tipo de entrevista, sendo ela sociável ou ate mesmo sob pressão, o detalhe é estar seguro de suas colocações, com clareza de pensamento e ações, buscando sempre apresentar ao selecionador suas intervenções de sucesso anteriores e o mais importante, suas intenções profissionais e objetivas que agregarão para a futura organização.

Ter ciência dos déficits das nossas competências tanto comportamentais como técnicas, nos permite ampliar nossos parâmetros de desenvolvimento, pois para retornar ao mercado de trabalho, precisamos nos equiparar aos nossos principais concorrentes, sendo em atualizações, aquisições de novos conhecimentos e reciclagens.

O auto desenvolvimento profissional é muito bem visto pelo selecionador e consequentemente pela nova organização, sendo assim estar novamente disponível no mercado solicita investimentos profissionais imediatos.

A preparação para a entrevista requer energia, foco e muita motivação, nenhum selecionador contratará um profissional que já apresenta problemas iniciais, como reclamações de empresas anteriores, falta de ânimo, cansaço enfim toda empresa busca um profissional que trará produtividade e vitalidade para a equipe, a busca do somar e não causar... profissional problemático não tem chance nos processos seletivos.

E por fim sua admissão, o importante é ser acessível a nova equipe, apresentar disponibilidade de novos aprendizados, não ficar preso a velhos costumes e paradigmas, seja solícito, cordial e integrado, porem tudo dentro do bom senso, ninguém tolera pessoas invasivas. E tenha sempre em mente esse aprendizado, se afundar anos na mesma empresa, sem evolução profissional, nunca mais...

Crescer, Desenvolver e Evoluir será sempre sua meta profissional.

 

Autora: Andreza Balthazar de Souza

               Psicóloga / Consultora de RH

              Personal & Professional Coaching 

Andreza Balthazar de Souza
Atuando a mais de 10 como Consultora de RH; Ampla vivência em Processos Seletivos, Jogos Corporativos, Dinâmicas de Grupos e elaboração de Laudos Psicológicos, Laudos Grafológicos e Parecer de Entrevistas. Vasta experiência como Docente em Instituições de Ensino e Consultorias. Ampla experiência em sala de aula, elaboração e preparação de materiais didáticos, plano de aula e plano de curso.
Sucesso! Recebemos Seu Cadastro.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER